Chuva intensa deixa Santa Catarina em alerta

Queen e Tina Turner receberão homenagem no Grammy Awards
10/01/2018
MPF reafirma que recibos de aluguéis de Lula são falsos
12/01/2018

Trezentos e sessenta milímetros de chuva foram registrados até às 8h30 desta quinta-feira (11), em Florianópolis, em Santa Catarina. A capital do Estado vizinho é destino de muitos paranaenses nas férias, e então, vale o alerta. A chuva intensa, de acordo com as informações da Prefeitura de Florianópolis, começou na quarta-feira e seguiu noite e madrugada a dentro.

Foram detectados vários pontos de alagamentos e de deslizamentos de terra. A administração pública decretou situação de emergência e colocou a estrutura administrativa em apoio a Defesa Civil. Às 4h30 as equipes da Prefeitura, Bombeiros, Polícia Rodoviária já trabalhavam para tentar contornar as situações emergenciais. A prioridade foi a proteção a vida. O Abrigo da Passarela Nego Quirido foi aberto para atender em caso de necessidade.

A Defesa Civil pede a compreensão das pessoas e orienta que somente saiam de casa em caso de necessidade.

Além de Florianópolis, várias outras cidades de Santa Catarina foram afetadas. A Defesa Civil emitiu alerta de deslizamentos para Florianópolis, Gov. Celso Ramos, Itapema, Penha, São José, São Francisco do Sul, Baln. Camboriú, Antônio Carlos, Palhoça, Navegantes, Biguaçú, Itajaí, Santo Amaro da Imperatriz, Tijucas e Garopaba.

Morte e desparecimento

Um homem de 34 anos caiu em um bueiro em Balneário Camboriú na noite de quinta-feira (10) e segue desaparecido. Uma criança de 8 anos morreu em São João Batista na queda de uma árvore sobre o telhado da garagem. Uma segunda criança ficou ferida.

Previsão

A meteorologista da Epagri/Ciram, Laura Rodrigues, destaca que a chuva deve continuar até a sexta-feira (12). “A chuva ainda vai ser intensa nesta quinta-feira. Na sexta-feira a chuva começa a diminuir. No sábado e domingo a previsão indica sol. Toda essa chuva é favorecida pela evaporação do mar que está aquecido e os elevados índices de umidade do mar que são transportados para as cidades litorâneas”, explicou.

Paraná

O meteorologista do Sistema Tecnológico Simepar, Reinaldo Kneib, destaca que não há previsão para que a chuva que cai em Santa Catarina atinja o Paraná. Por aqui continua chovendo, mas não na mesma intensidade. A partir de amanhã vai ter mais presença de sol, e chuvas mais amenas.

Ele explicou ainda que a situação de Florianópolis ocorre por conta de uma área de pressão parada sobre o oceano. Como é região litorânea, faz mais calor, o que aquece as águas e aumenta as chuvas. Outra situação é que pode haver tempestades no oceano que acabam se aproximando da costa.

Recomendações Defesa Civil Santa Catarina

Alagamentos/inundações: Evite o contato com a água e não dirija em lugares alagados. Não transite em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: Observe qualquer movimento de terra ou rochas próximos de sua residência, inclinação de postes, árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal pelo número 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr