Homem é condenado pelo assassinato da ex mulher

Definidas apresentações no Festival “Talentos da Terra”
09/02/2018
ProUni: inscrições entram no último dia
09/02/2018

Lincon Pereira Fialho de 39 anos foi condenado a 19 anos e três meses de prisão em regime fechado, pelo crime de feminicídio, em Apucarana. O Júri foi realizado nesta quinta-feira 08/02.

Segundo as investigações, o acusado assassinou a ex-mulher Dalete de Fátima Gonçalves, de 50 anos, com dez golpes de faca, em 15 de dezembro de 2014.

O crime aconteceu na Rua Doutor Carlos Pereira, no Núcleo João Goulart. A vítima foi morta quando entrava no carro dela para ir trabalhar.

A motivação seria o fim do relacionamento que ele não aceitava. Após atacar Dalete com uma faca, Lincon fugiu de bicicleta, mas foi preso dois dias depois em Marilândia do Sul.

Ainda conforme a denúncia do Ministério Público, Lincon já havia sido condenado a 19 anos de prisão antes de cometer o feminicídio. Ele cumpria pena em regime semiaberto por furto, roubo, atentado ao pudor, porte de drogas e estupro.

O júri realizado foi presidido pelo juiz Osvaldo Soares Neto. Na acusação trabalhou o promotor de Justiça Fabricio Drumond e na defesa a advogada e defensora pública Renata Miranda Duarte. A segurança no fórum foi coordenada pelo sargento Antônio Heleno da Silva.

Foto: TnOnline

Like
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr