Após dois anos, Assembleia Legislativa retoma atividades presenciais na segunda-feira

Maringá inicia limpeza de cartazes em postes nas vias públicas
31 de março de 2022
Assembleia aprova em 1º turno projeto que proíbe obrigatoriedade do passaporte vacinal
4 de abril de 2022
Após dois anos, Assembleia Legislativa retoma atividades presenciais na segunda-feira

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) retomará as atividades de forma 100% presencial a partir da próxima segunda-feira (04). O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSD), durante a sessão plenária desta quarta-feira (30).

Segundo o comunicado, as sessões plenárias e das Comissões permanentes serão 100% presenciais. Também será liberado o acesso da população para acompanhar as sessões plenárias nas galerias do plenário, assim como a realização de sessões solenes e audiências públicas, que poderão continuar sendo realizadas de forma remota se assim for o desejo do deputado proponente.

“A Assembleia a partir do dia quatro volta integralmente de forma presencial. Como ressalva, se um fato novo em relação à pandemia surgir, a gente vai novamente repensar a situação. Quero ter a compreensão de todos, pois já estamos há dois anos trabalhando de forma híbrida, mas oficialmente a Casa volta presencialmente dia quatro, a partir da próxima segunda-feira”, disse Traiano.

Para o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD), primeiro secretário da Assembleia, a volta das atividades presenciais será um quase retorno à normalidade. Ele ressaltou que os deputados que desejarem poderão realizar audiências públicas de forma remota ou híbrida. “Imperiosa essa decisão considerando que há uma retomada, se não da normalidade, da quase normalidade. As inovações que trouxemos serão mantidas. Dia 13 mesmo faremos uma audiência pública do pedágio, com a apresentação do estudo elaborado pelo Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), integralmente de forma remota. E outras audiências públicas poderão ser remotas”, afirmou. “Indiscutivelmente o trabalho parlamentar é fundamental que seja retomado presencialmente, com todos os funcionários. Analisaremos casos pontuais, casos específicos. Já há regramento em relação a isso, mas teremos a retomada da nossa normalidade”, completou.

Romanelli frisou que o serviço médico da Assembleia seguirá atento às questões sanitárias e de monitoramento de pessoas que estejam com sintomas. “Vamos através do serviço médico fazer recomendações às pessoas que estão com sintomas. Temos testes aqui para quem tenha sintoma e, da mesma forma, as pessoas devem procurar o serviço médico”.

Comments are closed.