Câmara realiza última sessão ordinária de 2017

Unespar abre teste seletivo para contratação de 101 professores
19 de dezembro de 2017
30º Batalhão destrói armas de fogo oriundas de processos judiciais
19 de dezembro de 2017
Câmara realiza última sessão ordinária de 2017

Com a presença de nove dos onze vereadores que compõe a atual legislatura da Câmara Municipal de Apucarana, foi realizada na tarde desta segunda-feira 18/12, a última sessão ordinária de 2017 na Câmara Municipal de Apucarana. Em pauta 08 Projetos de Lei e 01 Requerimento.

“Realizamos a última sessão do ano de 2017, a próxima ordinária será realizada no dia 02 de fevereiro de 2018 quando voltaremos o recesso. Mas desde já explico que o recesso é apenas para as sessões ordinárias, a Câmara continua com seus trabalhos normais, com atendimento ao público. Os servidores e vereadores continuam trabalhando e atendendo a população. Apenas as sessões ordinárias estão suspensas. Se necessário for convocaremos sessões extraordinárias no período, como já estamos fazendo. Para essa semana já convocamos Sessões Extraordinárias Específicas para quarta, quinta e sexta-feira (20, 21 e 22/12), às 15h50 e 16 horas para discussão e votação do PPA e LOA”, explica o presidente do legislativo, vereador Mauro Bertoli.

Ele falou que para a próxima semana – terça, quarta e quinta-feira (26, 27 e 28/12) serão convocadas novas Sessões Extraordinárias para limpeza de pauta. “Serão projetos de vereadores da casa e do executivo que virão até sexta-feira. Tive uma reunião com o prefeito Beto Preto e ele nos adiantou que sua equipe está preparando diversos projetos para finalizar o ano e fazer limpeza de pauta do Executivo. Finalizaremos 2017 aprovando projetos para que sejam publicados ainda esse ano”, justifica. Bertoli adiantou, ainda, que na quinta-feira (21/12) também fará a devolução do duodécimo recebido no ano de 2017, do Executivo Municipal. “Vamos zerar o caixa da Câmara e fazer a devolução para o Executivo. Terminamos esse primeiro ano de mandato sem dívidas e ainda faremos a devolução ao prefeito que irá utilizar no que for necessário”, completa.

PROJETOS APROVADOS

Foram aprovados os Projetos de Lei nº 130/2017, que declara de utilidade pública a Casa dos Anjos; nº 136 e 137/2017 que concede Diploma de Méritos em Tarefas Comunitárias para os senhores: Amável Vaz dos Santos e Sr. Wilson Festi; também o nº140/2017 Diploma de Méritos em Tarefas Comunitárias a APP Sindicato – Núcleo Sindical de Apucarana, de autoria do vereador Edson Freitas; Projeto de Decreto Legislativo nº 105/2017 de autoria da Comissão de Justiça, Legislação e Redação, que referenda o acordo de Cooperação Técnica AGC nº 32/2017, que entre si celebram a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e a Prefeitura de Apucarana e o nº 147/2017 que revoga a Lei Municipal Nº. 158, de 13 de dezembro de 2015 e institui o Dia Municipal da Pessoa com Deficiência (PCD), de autoria da vereadora Márcia Regina de Sousa da Silva.

O Projeto de Lei nº 96/2017, de autoria do vereador Gentil Pereira, que proíbe a exposição das embalagens de cigarros e assemelhados nos pontos de vendas do município de Apucarana, gerou polêmica entre os vereadores, durante a discussão do projeto. O vereador Antônio Sidrin que pediu vistas do projeto na última sessão votou contra alegando que o projeto é inconstitucional. “Pedi um parecer jurídico e com eles em mãos vejo que o projeto é inconstitucional, por isso meu voto é contrário ao projeto”.

Gentil Pereira defendeu o projeto e disse que em outras cidades o projeto a lei já existe. “Não é inconstitucional. É um projeto legal e que zela pela saúde das pessoas”, diz Gentil. Os demais vereadores disseram que o projeto tem que ser levado em frente e que são favoráveis. “Estamos fazendo um bem à população, trabalhando em prol da saúde do apucaranense”, diz o vereador Edson Freitas. O vereador José Airton Deco de Araújo propôs que a votação fosse nominal. O projeto foi aprovado em primeira discussão com o voto contrário do vereador Sidrin.

Não foi votado o Projeto de Lei nº 131/2017 de autoria do vereador Lucas Leugi que estabelece que as agências bancárias do município de Apucarana que recusarem atendimento presencial a seus clientes com a justificativa de haver atendimento eletrônico dentro da agência estão sujeitas a sanções que menciona, uma vez que o vereador não participou da sessão

REQUERIMENTO

Ainda na sessão os vereadores discutiram e aprovaram o Requerimento do vereador José Airton Deco de Araújo que indica os vereadores: Gentil Pereira de Souza Filho, Lucas Ortiz Leugi, Luciano Augusto Molina Ferreira, Franciley Preto Godoi e Márcia Regina da Silva Sousa para comporem a Comissão Representativa e Temporária com poderes para exararem pareceres nos projetos e outros, durante o período de recesso da Câmara Municipal de Apucarana. “Assim que retornamos do recesso serão eleitas novas comissões para o ano de 2018. Apenas essa comissão irá analisar os projetos, as demais foram extintas”, destaca Bertoli.

SESSÕES EXTRAORDINÁRIAS

As próximas sessões Extraordinárias Específicas estão agendadas para quarta-feira (20/12), às 15h15 para discussão e votação do PPA e às 16 horas para discussão e votação da LOA.

Comments are closed.