Conselhos locais discutem com prefeito o atual estágio da saúde

Hospital da Providência adquire R$215 mil em instrumentais cirúrgicos
21 de dezembro de 2017
Acidente na BR 369 deixa três pessoas feridas
21 de dezembro de 2017
Conselhos locais discutem com prefeito o atual estágio da saúde

O prefeito Beto Preto promoveu ontem 19/12 uma reunião com os Conselhos Locais de Saúde das 28 Unidades Básicas de Saúde, com a participação da direção e representantes de todos os departamentos da Autarquia Municipal de Saúde (AMS).

O encontro, que lotou o salão nobre da prefeitura, resultou da necessidade de ampliar a comunicação direta da administração municipal com a população para tratar os assuntos da saúde.

“Através dos Conselhos Locais de Saúde podemos ter uma percepção exata do que está acontecendo nas bases da nossa estrutura de saúde e assim saber como administrar o processo”, afirmou o prefeito Beto Preto.

O encontro abriu oportunidade para representantes dos conselhos apresentarem um raio-X da realidade nas suas UBSs. Lideranças de bairros reivindicaram mais servidores da área administrativa e também mais médicos, além de melhorias em instalações físicas. Surgiram ainda reclamações com relação à liberação de consultas de algumas especialidades.

“Os Conselhos Locais de Saúde são uma oportunidade para ouvir a voz do povo e agora vamos ampliar ainda mais essa comunicação promovendo encontros como esse a cada dois meses”, planeja Beto Preto. Segundo ele, é preciso que chegue até a direção da Autarquia de Saúde e ao prefeito as dificuldades que cada um está sentindo quando busca um atendimento na saúde. “Nem tudo é possível resolver, mas com certeza encontraremos soluções para maioria dos casos”, assegura o prefeito.

Além do andamento da construção de duas UBS, do Residencial Fariz Gebrim e do Residencial Solo Sagrado, Beto Preto anunciou para breve a assinatura da ordem de serviço da sede própria da UBS do Jardim Interlagos, bem como os projetos de construção de segunda UBS do Núcleo Habitacional João Paulo, como do Núcleo Dom Romeu. “Ainda estamos com a relação de 10 obras de reforma de UBSs, que devem ser lançadas nos próximos dias”, adianta Beto Preto.

As questões levantadas quando a falta de médicos, enfermeiro, dentista e técnico de enfermagem, começam a ser solucionadas com a convocação dos aprovados no concurso público realizado neste ano pela AMS. “No início de 2018, vamos abrir concurso para Assistente Administrativo e Agente Comunitário de Saúde”, comunicou o prefeito.

“Os Conselhos Locais de Saúde são instrumentos fundamentais de cobrança e assim ficamos mais atentos aos problemas que estão acontecendo. É o verdadeiro grito da população e seus integrantes devem participar e opinar nas reuniões. Faço um apelo para mobilização popular na saúde, pois isso é essencial para os ajustes necessários. Precisamos de todos para construir o Sistema Único de Saúde (SUS) que é o maior plano de saúde do mundo”, conclama Beto Preto.

Membro do Conselho Local de Saúde, da UBS Osvaldo Damim, no Jaboti, Ilio Aparecido da Silva, classificou a reunião com mais um avanço ao dar voz à população através dos Conselhos Locais de Saúde. “Houve essa abertura e temos voltar a ter esse contato como o próprio prefeito sugeriu. Essa preocupação de ouvir as bases, de inserir os conselhos locais na administração municipal, é interessante e com certeza vai resultar em melhoria na qualidade do serviço”, avalia Silva.

Os Conselhos Locais de Saúde, agregados a cada uma das 28 Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) de Apucarana, foram criados em 2015 e já durante a 10ª Conferência Municipal de Saúde de Apucarana, em julho daquele ano foram debatidas propostas levantadas durante reuniões desses conselhos. Formado por servidores e usuários, os Conselhos Locais de Saúde têm participação no Conselho Municipal da Saúde, sendo representados por 4 membros titulares e 4 suplentes

Comments are closed.