Economia Solidária forma 43ª turma de capacitação

Apucarana articula parceria para o recebimento de alertas climáticos
26 de março de 2022
Projeto de lei garante a presença de doulas em maternidades do Paraná
26 de março de 2022
Economia Solidária forma 43ª turma de capacitação

O Programa de Economia Solidária, da Secretaria da Mulher e Assuntos da Família (Semaf), com foco na geração de renda e autonomia financeira da mulher, formou hoje mais 25 empreendedoras e empreendedores econômico-solidários, na 43ª turma de capacitação. O evento de entrega dos certificados do curso de 20 horas foi realizado no auditório do Sebrae, com a presença da secretária municipal da Mulher de Apucarana, Denise Canesin, e o vereador Tiago Cordeiro.

Entre os formandos estão pessoas envolvidas em atividades econômicas ligadas à gastronomia, artesanato, confecção, floricultura e prestação de serviços. Entre outros conteúdos, a transmissão de informações do curso envolve o ensino dos objetivos e metas de um empreendimento solidário, noções de cooperativismo e associativismo, elaboração de projetos sociais, administração e marketing, e técnicas de empreendedorismo.

Com o certificado em mãos, mãe e filha, Lucia dos Santos e Amanda da Costa, destacam que o conhecimento adquirido na capacitação vai garantir um impulso nas vendas de bolos, doces e outros produtos de confeitaria. “Fizemos o curso juntas e estamos muito motivadas para essa nova fase do nosso negócio”, afirma Lucia dos Santos.

Em 8 anos de existência, o Programa de Economia Solidária já capacitou 980 pessoas. “Hoje são 16 espaços públicos de comercialização em diversos segmentos, com destaque às atividades de gastronomia, artesanato, beleza e estética, plantas medicinais e confecção. Estamos na 43ª turma de uma iniciativa de sucesso dentro da gestão municipal”, informa a secretária Denise Canesin.

Além de aprimorar os conhecimentos técnicos profissionais, a capacitação disponibilizada gratuitamente pela prefeitura é requisito para que o empreendedor ingresse na rede da economia solidária, podendo oferecer seus produtos e serviços nos pontos mantidos pelo município, bem como participar de eventos e feiras organizadas pela prefeitura, como a Super Sexta da Economia Solidária, no Espaço das Feiras.

“Trata-se de um programa de governo municipal consolidado e premiado, que tem servido de modelo para municípios do Paraná e do Brasil”, destaca a coordenadora do programa e superintendente da Secretaria da Mulher, Bete Berton.

Interessadas em fazer parte da rede municipal de economia solidária devem procurar o Espaço Mulher da Rua Osvaldo Cruz, 432 (ao lado da Casa da Gestante). Mais detalhes podem ser obtidos também pelo telefone 3122-0457 ou ainda através da rede social no endereço https://www.facebook.com/rededemulheresecosol.

 

 

Comments are closed.