Evento em 27 de agosto vai celebrar o canto litúrgico em Apucarana

Ferrari apreendida pela PF vai a leilão em Londrina
29 de julho de 2022
OAB de Apucarana cria Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero
31 de julho de 2022
Evento em 27 de agosto vai celebrar o canto litúrgico em Apucarana

Irmã Custódia será principal atração do 100º Encontro de Canto Pastoral e Litúrgico da Diocese de Apucarana

Um evento para celebrar a música sacra. Assim está sendo organizado o 100º Encontro de Canto Pastoral e Litúrgico da Diocese de Apucarana. Uma grande mobilização vem ocorrendo para o encontro, que está marcado para 27 de agosto no Centro de Evangelização Família Sagrada (Cefas).

A principal atração será uma grande conhecida de Apucarana, a irmã Custódia Maria Cardoso. O nome Irmã Custódia é sinônimo de música na Igreja Católica. Natural de Biguaçu (SC), ela atuou por quase 25 anos na Diocese de Apucarana (entre 1971 e 1995), coordenando o canto pastoral e litúrgico. Organizou o primeiro Encontro de Canto Pastoral e Litúrgico e agora volta à cidade para o evento, que promete atrair músicos e cantores de toda a Diocese. Inclusive, interessados de outros estados estão procurando pelas inscrições, que são limitadas.

Irmã Custódia chegou a Apucarana em 1970 e, um ano depois, assumiu o comando do canto litúrgico na Diocese a pedido do então bispo Dom Romeu Alberti. Foi maestrina e criadora do grupo Pequenos Cantores de Apucarana, que gravou 36 CDs, e do Coral Palestrina, que gravou outros 45.

Junto com Dom Romeu Alberti, monsenhor Arnaldo Beltrami e monsenhor Roberto Carrara, ela iniciou ainda em 1971 a missa transmitida pela TV Tibagi com a participação dos corais de Apucarana e de toda a região, através do famoso “O Onze vai a Missa”. Dois anos depois, como professora de música do Colégio Estadual Nilo Cairo, Custódia criou a Semana do Folclore pela TV Tibagi. No mesmo ano, a pedido dos bispos do Paraná – CNBB Regional Sul II, tornou-se assessora de Música Sacra e Litúrgica do Paraná, ficando assim ligada a CNBB Nacional.

Atualmente, ela atua no setor de Música, Comunicação e Liturgia, no Santuário Santa Paulina, de Nova Trento, em Santa Catarina, mas continua a assessorar algumas dioceses do Paraná. Além disso, participa de eventos nacionais e também em programações de emissoras de TV católicas.

Além da Irmã Custódia, o 100º Encontro de Canto Pastoral e Litúrgico da Diocese contará com a presença do maestro apucaranense, Adenor Leonardo Terra. Ele é atualmente uma das maiores personalidades da música sacra e litúrgica do Brasil, autor de diversas obras, muitas feitas a pedido da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CBBB).

Em manifestações pelas redes sociais, a Irmã Custódia está convidando os músicos e cantores a participarem do evento. Ela não esconde a emoção. “A Diocese de Apucarana sempre teve muita vibração em tudo, mas o canto floriu, inclusive com os Pequenos Cantores, que gravou 36 CDs para todo Brasil, e também com o Coral Palestrina, que gravou 45 CDs”, afirma, observando que a Diocese de Apucarana é reconhecida pela música e canto litúrgico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.