IBGE inicia nesta semana as visitas em domicílio para o Censo 2022

OAB de Apucarana cria Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero
31 de julho de 2022
Dnit instala tapumes para conter vandalismo e furtos no pedágio de Arapongas
1 de agosto de 2022
IBGE inicia nesta semana as visitas em domicílio para o Censo 2022

Em Apucarana, cerca de 120 recenseadores vão visitar as casas em um período de três meses / Foto: Divulgação IBGE

O Censo 2022 começa nesta segunda-feira (1º). Mais de 183 mil recenseadores do IBGE iniciam a visita aos 75 milhões de domicílios brasileiros. O levantamento sobre as condições de vida da população era para ter acontecido em 2020, mas teve de ser suspenso pela pandemia e, depois, pela falta de recursos. O investimento no censo supera os R$ 2 bilhões.

Em Apucarana, o trabalho será realizado por cerca de 120 recenseadores durante três meses. No final de junho, supervisores censitários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já saíram as ruas da cidade para realizar a Pesquisa Urbanística do Entorno dos Domicílios. Nesta etapa, não estava programa nenhuma entrevista e os dados eram colhidos apenas por meio da observação.

A partir desta primeira semana de agosto, o IBGE inicia as visitas aos domicílios. Os recenseadores não terão uma carga horária de trabalho delimitada. Eles precisarão cumprir os setores designados e, para isso, poderão fazer visitas em horários alternativos e também aos finais de semana. Todos estarão devidamente identificados com crachás e uniforme.

PESQUISA

O Censo, além de contar os estimados 215 milhões de habitantes, traz um retrato por sexo, idade, instrução, renda, condições do domicílio (se tem água, luz, saneamento, internet e posse de eletrodomésticos), numa visão mais geral.

Um outro questionário, mais extenso e aplicado a 11% das casas, vai investigar sobre trabalho, composição das famílias, fecundidade, migração, religião, deslocamento e pessoas com deficiência.

O Censo 2022 trará algumas investigações inéditas como o retrato das 5.972 comunidades quilombolas. Além do questionário individual, o líder da comunidade vai descrever a infraestrutura do local, recursos naturais, educação, saúde e hábitos da aldeia.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.