Morre o monge budista de Apucarana Wagner Bronzeri

Sem sintomas na fase inicial, Doença Arterial atinge até 25% da população
28 de março de 2022
PR deve retirar ainda nesta semana obrigatoriedade de máscaras em ambientes fechados
28 de março de 2022
Morre o monge budista de Apucarana Wagner Bronzeri

Morreu aos 62 anos o monge Wagner Bronzeri, do Templo Budista Nambei Honganji, de Apucarana. A Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea) emitiu nota de pesar pelas redes sociais. O velório é realizado no templo em Apucarana. A despedida será feita até as 13h30, quando o corpo seguirá para o crematório de Maringá.

Paulista de origem italiana, Bronzeri chegou a Apucarana em 2000. Gaijin (que não é descendente de japoneses), ele era conhecido por seu grande conhecimento no budismo e por sua figura simpática.

Em entrevista à Folha de Londrina em 2011, o monge contou que se adaptou bem à cidade e comentou que gostaria de se aposentar trabalhando no Norte do Paraná. “Aqui fui muito bem acolhido. Quando soube que seria enviado para cá, tive certo receio, pois fiquei imaginando como seria a recepção a um monge ‘gaijin’ (que não é japonês ou descendente) em uma comunidade quase toda formada por japoneses ou pessoas da primeira geração de descendentes, porém a recepção foi ótima. Neste tempo que aqui estou, vi Apucarana evoluir muito. A cidade está cada vez melhor”, contou o monge na reportagem.

Leia o comunicado da Acea:

“Com muito pesar a ACEA, através da Presidente em exercício, Yurico Takeda, comunica o falecimento do monge WAGNER BRONZERI, de 62 anos, do Templo Budista de Apucarana-Pr, Nambei Honganji. O velório será no próprio Templo, nesta segunda feira (28/03) das 08h00min às 13h30min. Após o velório, o corpo seguirá para o CREMATÓRIO de Maringá.
Á comunidade Budista Nambei Honganji, os nossos profundos sentimentos.”

 

Comments are closed.