Pais de bebê confessam que enterraram corpo do filho

Justiça impede Enem de zerar redação
26 de outubro de 2017
Fifa reconhece títulos mundiais
27 de outubro de 2017
Pais de bebê confessam que enterraram corpo do filho

Pais de um bebê de seis meses confessaram ter enterrado o filho em uma pedreira, em Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e levaram policiais ao local onde estava o corpo, nesta quinta-feira (26), segundo a Polícia Civil.

De acordo com a delegada do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), Iara Dechiche, os pais disseram que o bebê se afogou durante o banho e que, depois de reanimar a criança, a mãe colocou-a para dormir. Os pais disseram ainda que, apenas depois, perceberam que o filho havia morrido, segundo a polícia.

A delegada informou também que o pai do bebê era foragido da Colônia Penal Agrícola e, por isso, o casal decidiu enterrar a criança, ao invés de acionar polícia. O homem, de 26 anos, foi preso.

O corpo do menino foi encontrado em um buraco. Ele foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML). Segundo o Sicride, o laudo do IML é que vai revelar a causa da morte. O caso foi encaminhado à delegacia de Rio Branco do Sul.

A delegada do Sicride disse que a polícia localizou o casal após um pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR), que investigava o caso. Segundo informações do Sicride, o relato dos pais era de que o bebê havia sido sequestrado, mas vizinhos apontavam que a criança possuía hematomas pelo corpo e costumava chorar muito, o que levantou suspeita da polícia.

Na manhã desta quinta-feira, os policiais encontraram a mãe do bebê no supermercado onde trabalha. “Ela não esboçou nenhuma reação”, comentou a delegada.

Ainda segundo a polícia, o casal pode responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. A delegada disse que deve pedir a prisão da mãe do bebê.

Fonte: g1.globo.com

Comments are closed.