Paratleta é destaque no Jiu-Jitsu

Câncer de mama: conheça a história da Rosângela
20 de outubro de 2017
Prefeitura investe R$ 1,4 mi na reforma de unidade de ensino
21 de outubro de 2017
Paratleta é destaque no Jiu-Jitsu

Diego Henrique da Silva tem 27 anos, mora em Londrina e atualmente é paratleta. O ex agente penitenciário há dois anos sofreu um atentado e foi baleado 7 vezes. Depois disso precisou fazer uso de cadeira de rodas, mas não deixou de lado uma de suas paixões: o esporte.

Ele é o primeiro cadeirante do Paraná a praticar Jiu-Jitsu, e vai participar no dia 10 de novembro do Grand Slam Jiu-Jitsu no Rio de Janeiro, um evento de caráter mundial que faz parte do circuito de Abu Dhabi no qual já está classificado para o ano que vem. “Esse evento será um marco para o jiu-jitsu e principalmente para o parajiu-jitsu, eu lutarei na minha categoria de paratleta e também na convencional ou seja com atletas sem deficiência nenhuma,” conta Diego.

O atleta disse ainda que precisa de apoio para viajar e representar o país dele, e que o esporte  o livrou da depressão, motivando a não desistir depois do atentado. “Eu tive que me reabilitar de alguma forma, só quero ter orgulho do que eu vive, que minha vida foi intensa, comecei com a canoagem, sou o sexto na minha categoria, e agora faço Jiu-Jitsu, eu treino com pessoas que não são cadeirantes, tenho que fazer o que eles fazem com o dobro de esforço, faço tudo com os braços,” destaca o atleta.

Diego agora só espera conquistar muitas medalhas. “A gente tem que ser maior que as muralhas, não podemos desistir nunca,” finaliza.

Para mais informações do atleta, basta acessar a rede social de Diego.

www.facebook.com/diegoenrique.silva

Comments are closed.