Morte de apucaranense atropelado na frente da família gera comoção

Revitalização do “Prédio da Onça” é concluída em Apucarana
8 de julho de 2022
“Calorzinho” em pleno inverno vai continuar em Apucarana e região; veja a previsão
10 de julho de 2022
Morte de apucaranense atropelado na frente da família gera comoção

Anderson Colacino, de 41 anos, foi atropelado por um motorista de um GM Monza, que fugiu sem prestar de socorro / Foto: Arquivo da Família

A morte do apucaranense Anderson Colacino, de 41 anos,  gerou comoção em Apucarana. Morador do Distrito do Pirapó, ele morreu atropelado na noite desta sexta-feira (8) na Rua Marcílio Dias, na Vila Shangri-lá, nas proximidades do Colégio Agrícola Estadual Manoel Ribas. O acidente foi registrado por volta das 20 horas.

O motorista responsável pelo atropelamento, que dirigia um GM Monza na cor azul, fugiu sem prestar socorro à vítima.  Ainda na noite de sexta-feira, ele se apresentou à delegacia e disse que não parou o carro por termo de alguma reação dos populares.

Segundo testemunhas, Anderson Colacino estacionou o seu carro – um Fiat Palio – na frente da casa do sogro. Ele tirou o filho do banco traseiro e, ao fechar a porta do veículo, foi atingido pelo Monza. A esposa dele estava no carro e presenciou o atropelamento.

Anderson foi arremessado pelo impacto e morreu no local do acidente. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas apenas constatou o óbito. Ele deixa esposa e dois filhos. O horário do sepultamento não foi comunicado ainda pela família.

 

Comments are closed.