Preço do leite longa vida chega a quase R$ 7 em Apucarana

UFPR publica edital do vestibular 2023 e recebe inscrições a partir de 18 de julho
1 de julho de 2022
Projeto torna música “Bicho do Paraná” patrimônio artístico do Estado
3 de julho de 2022
Preço do leite longa vida chega a quase R$ 7 em Apucarana

Preço do leite disparou e, segundo especialistas, tendência de alta seguirá até agosto

Um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros, o leite está pesando no bolso do consumidor. Em Apucarana, o preço da embalagem longa vida de 1 litro está próximo de R$ 7. O valor deve aumentar ainda mais até agosto, quando termina o período de “entressafra”.

De acordo com o último levantamento do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o leite longa vida acumula alta de 29,28% nos últimos 12 meses —e de 28,03% somente em 2022.

Em Apucarana, os preços praticamente dobraram desde o começo do ano, quando o litro do leite longa vida (UHT) custava R$ 3,32, segundo pesquisa feita na época pelo Procon-PR em parceria com a Unespar (Universidade Estadual do Paraná).

Uma pesquisa da 98 FM no aplicativo Menor Preço, do governo estadual, neste sábado (2), encontrou a caixa de leite integral de um litro entre R$ 5,69 e R$ 6,99 em Apucarana. A maioria dos supermercados, no entanto, comercializa o produto na cidade na faixa entre R$ 6,79 e R$ 6,99.

O leite UHT é um dos principais itens que puxam o aumento da inflação dentro do grupo de alimentos e bebidas, e deve continuar a pressão inflacionária, já que estamos em entressafra da produção. Com o inverno e o clima mais seco, segundo especialistas, a qualidade das pastagens caiu e, por isso, a alimentação do rebanho é afetada, levando à queda na produção.

Os efeitos climáticos do La Niña também contribuíram para a subida do preço do leite no campo e, consequentemente, no mercado.
O estudo também aponta que a ração, os suplementos minerais, os fertilizantes e o combustível tiveram aumento crescente nos últimos três anos, o que gerou alta do custo operacional do produtor de leite.

Comments are closed.