Salário mínimo ideal em junho deveria ter sido R$ 6.527,67, afirma Dieese

Prazo de inscrições para PSS da Educação é prorrogado para 22 de julho
7 de julho de 2022
Intolerância política: bolsonarista invade festa temática de Lula e mata petista
10 de julho de 2022
Salário mínimo ideal em junho deveria ter sido R$ 6.527,67, afirma Dieese

O valor faz com que o salário mínimo atual, de R$ 1.212, seja cinco vezes menor do que o necessário para uma família dar conta de adquirir alimentos como arroz, feijão, café, leite integral e carne bovina de primeira, bem como outros itens e serviços / Foto: Pixabay

O salário mínimo ideal para uma família de quatro pessoas conseguir viver deveria ter sido de R$ 6.527,67 em junho de 2022. A estimativa foi feita pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) com base na análise sobre o preço dos itens da cesta básica. O valor faz com que o salário mínimo atual, de R$ 1.212, seja cinco vezes menor do que o necessário para uma família dar conta de adquirir alimentos como arroz, feijão, café, leite integral e carne bovina de primeira, bem como outros itens e serviços..

A definição dada para o salário mínimo oficial tem base na determinação escrita na Constituição, diz o levantamento: “a determinação constitucional estabelece que o salário mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e da família dele com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”.

Em relação à comida, são 13 alimentos que compõem o cálculo do Dieese, que avalia a variação de preços em 17 capitais brasileiras. São Paulo (SP), com R$ 777,01 (-0,12%), ficou novamente no topo do ranking das capitais mais caras para adquirir os alimentos da cesta básica, sendo seguida por Florianópolis (SC), com  R$ 760,41 (-1,51%), e Porto Alegre (RS), com  R$ 754,19 (-1,90%). Em Curitiba, o valor da cesta básica, segundo o Dieese, R$ 701,26 (-1,74%). (Com Uol)

 

Comments are closed.