Samara Sibin foi o nome da Ginástica Rítmica nos JAPS

Gêmeas sobem no pódio dos JAPS
20 de novembro de 2017
Atleta da Seleção Brasileira de Ciclismo conquista ouro
20 de novembro de 2017
Samara Sibin foi o nome da Ginástica Rítmica nos JAPS

Samara faz parte da equipe de Cascavel, e desbancou ginastas da tradicional equipe de Toledo. Sua primeira medalha veio com o arco. Com uma apresentação linda e confiante, Sarama somou 13,100 pontos. Nas maças, Samara recebeu nota final de 11,800 empatando com Geane da Costa Silva, de Toledo. No resultado por equipe, Cascavel levou o ouro e Sarama garantiu sua quarta e última medalha de ouro na classificação geral individual.

Para a pequena ginasta esse é um resultado de muito treino e disciplina. “A gente vem treinando muito o ano inteiro, é muita disciplina. Essa foi a última competição do ano, então tinha que estar preparada mesmo para os Abertos”, afirmou.

Os Jogos Abertos é um polo de grandes atletas. Já passaram por aqui medalhistas olímpicos como o Emanoel e Ágatha, do vôlei de praia, e na GR não é diferente. Ginasta de renome internacional, Morgana Gmach, de Toledo, conquistou 3 medalhas no Pan de Toronto e entrou para a Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica em 2015 e participou dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, considera os Jogos Abertos uma das mais importantes competições nacionais. “O JAPS é uma competição muito importante pra mim. Represento minha cidade, tenho contato com outras ginastas, conhecendo as novas meninas, ter esse contato direto com o pessoal, eu adoro, fico muito feliz”, comentou a ginasta que foi ouro na categoria conjunto com arcos.

Na classificação final, Toledo ficou com o ouro, seguido de Cascavel com a prata e Maringá com o bronze.

Comments are closed.