Semáforos na área central vão funcionar 24 horas em Apucarana

Cantata de Natal das escolas municipais leva emoção à Praça Rui Barbosa
16 de dezembro de 2017
Homem fica ferido após capotar o carro na BR 369
16 de dezembro de 2017
Semáforos na área central vão funcionar 24 horas em Apucarana

A partir desta segunda feira 18/12, os semáforos que ficavam na condição “piscante” durante a madrugada, na área central de Apucarana, passarão a funcionar 24 horas.

A mudança será implantada em caráter experimental pela Superintendência Municipal de Trânsito, visando diminuir o número de acidentes ocorridos no período da meia noite às 6 horas.

A alteração é uma orientação do prefeito de Apucarana, Beto Preto, que recentemente solicitou estudos junto ao Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan). Detalhes da mudança foram definidos nesta sexta-feira (15/12), em reunião que contou com a presença de Carlos Mendes, superintendente municipal de Trânsito, Silnei Bolonheze, superintendente de Serviços Públicos, e Laércio Morais, secretário municipal de Governo.

Carlos Mendes afirma que, apesar do sinal intermitente (piscante) ser adotado em cidades maiores no mundo inteiro, Apucarana buscará uma solução que se ajuste ao perfil da cidade. “O semáforo piscante na madrugada  é adotado principalmente por questões de segurança, tendo em vista a violência em grandes centros urbanos”, pontua.

Entretanto, em Apucarana, a situação vinha gerando confusão entre os motoristas, com o registro de alguns acidentes. “Muitos imaginam equivocadamente que, estando os semáforos no piscante, a Rua Ponta Grossa é preferencial em toda a sua extensão. Porém, o que determina o fluxo contínuo nesta via é o semáforo”, exemplifica Mendes.

A mudança abrangerá as ruas que atualmente estavam com sinal “piscante”, como Clotário Portugal, Munhoz da Rocha, Avenida Curitiba, Ponta Grossa, Nagib Daher, João Cândido Ferreira e Corifeu de Azevedo Marques.

“Desta forma todos os semáforos funcionarão em Apucarana 24 horas. As únicas exceções são as Avenidas Minas Gerais e a Governador Roberto da Silveira, que são rodovias dentro do perímetro urbano”, finaliza Mendes.

Comments are closed.