Stivar pede 7% de aumento salarial

Primavera começa nesta sexta-feira
21 de setembro de 2017
Vagas de emprego da Agência do Trabalhador
22 de setembro de 2017
Stivar pede 7% de aumento salarial

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Vestuário de Apucarana e Região, Stivar, se reuniu com o patronal para tratar sobre o reajuste salarial.

Segundo Leonora Batista, presidente do Stivar, no encontro não foi possível chegar num acordo. “ O patronal fez uma proposta de 1,73% de reajuste salarial. O Stivar pediu 7% de aumento para os trabalhadores. Eles chegaram a falar que nós estávamos loucos em pedir 7%, sendo que a inflação foi 1,73%,” informou Leonora.

Com a proposta do sindicato, o salário dos empregados passaria dos atuais R$1236,40 para R$ 1322,95, um aumento de R$ 86,55.

Já com o acréscimo sugerido pelo patronal de 1,73% o salário dos empregados passaria dos atuais R$1236,40 para R$ 1257,79 ou seja R$ 21,39 reais a mais. “Esse aumento não é para um trabalhador que trabalha o ano inteiro, chegar no final do ano com uma proposta de 21 reais pra eles? Esse aumento para o trabalhador é desumano,” afirma a sindicalista.

O sindicato que recusou o aumento de 1,73%, pretende se reunir novamente com o patronal para tentar chegar em um novo acordo, e assim repassar aos empregados a proposta para ser avaliada.

“Eu falo para os nossos trabalhadores que esse ano a negociação será muito difícil. Devemos nos reunir, participar das assembleias, por que os patrões estão se reunindo e se fortificando, o sindicato são os trabalhadores, sem eles, eu e a diretoria não somos nada,” destaca Leonora.

A repórter Sílvia Vilarinho conversou com Leonora, a entrevista completa você confere no áudio abaixo.

Comments are closed.