UFPR publica edital do vestibular 2023 e recebe inscrições a partir de 18 de julho

Paraná anuncia redução do ICMS sobre gasolina e energia elétrica de 29% para 18%
1 de julho de 2022
Preço do leite longa vida chega a quase R$ 7 em Apucarana
2 de julho de 2022
UFPR publica edital do vestibular 2023 e recebe inscrições a partir de 18 de julho

Atualmente, a UFPR de Jandaia do Sul oferta anualmente 250 vagas divididas em cinco cursos de graduação: Engenharia Agrícola (50), Engenharia de Alimentos (50), Engenharia de Produção (50), Licenciatura em Ciências Exatas (50) e Licenciatura em Computação (50)

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) divulgou nesta sexta-feira (1º) o edital do vestibular 2023. O período de inscrições será entre os dias 18 de julho e 31 de agosto. Serão ofertadas 5.361 vagas, em 126 cursos. Em Jandaia do Sul, o campus da UPFR tem 250 vagas em cinco cursos: Engenharia Agrícola (50), Engenharia de Alimentos (50), Engenharia de Produção (50), Licenciatura em Ciências Exatas (50) e Licenciatura em Computação (50).

Metade das vagas é destinada para a concorrência geral e a outra metade, para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. Dentro dessa segunda metade, existem cotas para candidatos de baixa renda, pretos, pardos, indígenas e pessoas com deficiência.

A UFPR informou que os candidatos inscritos pelo sistema de cotas para pretos, pardos, indígenas e pessoas com deficiência deverão passar, antes do vestibular, pelas bancas de validação. A convocação para as bancas ocorrerá em setembro. Caso a autodeclaração não seja validada, esses candidatos serão migrados automaticamente para a categoria de concorrência ampla.

Inscrições
As inscrições devem ser feitas pelo site do Núcleo de Concursos. O custo é de R$ 195. Podem pedir isenção da taxa as pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), e também qualquer estudante de escola pública que, mesmo não inscrito no CadÚnico, comprove renda insuficiente (até 1,5 salário mínimo) para pagar a taxa.

Conforme a UFPR, a previsão é que de 8% a 10% dos candidatos inscritos recebam isenção. O prazo para pedir isenção de taxa foi ampliado neste ano: será de 18 a 27 de julho para os inscritos no CadÚnico e de 18 de julho a 5 de agosto para os candidatos não inscritos no CadÚnico, mas que possuem renda de até 1,5 salário mínimo.

Para facilitar o processo, os documentos para pedido de isenção não precisam mais ser entregues pessoalmente. Eles podem ser protocolados pela internet e também não precisam ser autenticados.

No início de maio, a UFPR informou que vai ampliar de seis para 11 o número de cidades em que será aplicada a prova da primeira etapa do vestibular 2023. Além de Curitiba, Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina e Toledo, a primeira fase do vestibular, marcada para 23 de outubro, ocorrerá em mais cinco cidades do Paraná – Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá e Paranaguá – e também, pela primeira vez, em uma de Santa Catarina: Joinville, que é um dos principais polos do estado.

De acordo com a universidade, a decisão de aplicar a prova também em Joinville justifica-se pelo fato de Santa Catarina ser, geralmente, o segundo estado com mais inscritos no vestibular da UFPR, depois do Paraná.

A segunda fase será realizada somente nas cidades de Curitiba, Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina e Toledo. O candidato será alocado automaticamente na cidade onde está sediado o curso para o qual se inscreveu, com uma exceção: para os candidatos inscritos para cursos sediados em Pontal do Paraná, a prova da segunda fase será aplicada exclusivamente em Matinhos.

Datas das provas
A instituição informou que, neste ano, será retomado o formato de processo seletivo com duas fases. A primeira fase será realizada em 23 de outubro deste ano. A segunda fase está marcada para 4 de dezembro. Cursos que exigem habilidades específicas realizarão as provas em 5 de dezembro.

Por conta das restrições sanitárias impostas pela pandemia, nos últimos dois anos a universidade adaptou o processo seletivo realizando o vestibular em fase única.

Como será cada fase
Primeira fase

A prova será aplicada no dia 23 de outubro. São 90 questões objetivas:

12 de Língua Portuguesa;
5 de Filosofia; 5 de Sociologia;
6 Literatura;
8 de Língua Estrangeira Moderna (Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Japonês e Polonês);
9 de Matemática;
9 de Biologia;
9 de Física;
9 de Química;
9 de Geografia e
9 de História.
Segunda fase

Prova marcada para 4 de dezembro. As questões são de compreensão e produção de textos, com três questões discursivas. Só os aprovados na primeira fase são submetidos à prova discursiva.

Provas específicas

Marcadas para o dia 5 de dezembro. Cada uma delas é constituída por sete questões discursivas, nas disciplinas de matemática, biologia, física, química, geografia, história, sociologia e filosofia.

A relação com os cursos que optam pela prova específica será divulgada no guia do candidato.

Nessa mesma data acontecerão as provas de habilidades específicas para os cursos de design de produto e música.

Comments are closed.