Undime-PR promove formação continuada para professores

Em Apucarana hospital realiza dia de beleza
24 de outubro de 2017
Foto Club de Apucarana realiza exposição
24 de outubro de 2017
Undime-PR promove formação continuada para professores

A União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-PR), em parceria com a Faculdade São Braz, levou a pedagoga e especialista em educação infantil, Regina Shudo, à cidade de Apucarana, no norte do Estado. Na noite de ontem (23/10), no Cine Teatro Fênix, ela ministrou a palestra “A linguagem oral e a aproximação da linguagem escrita na Educação infantil”.

Cerca de duzentas pessoas assistiram à conferência, a maior parte professores e assistentes infantis das redes pública e privada de ensino. “Recebemos profissionais de diversos municípios da região, como Cambira, Faxinal, Rio Bom, Bom Sucesso, Califórnia, além da sede Apucarana,” detalhou a presidente da Undime-PR, Marli Fernandes.

Regina Shudo tem mais de 30 anos de experiência na área educacional. Ela já foi professora, coordenadora e diretora de instituições de ensino e docente em universidades. Atualmente dedica-se ao trabalho de consultoria para redes de ensino, atua como palestrante em congressos nacionais e internacionais e produz livros didáticos na área da educação infantil e alfabetização.

Na aula de ontem, ela explorou os eixos linguagem oral e escrita, apresentou situações de práticas educativas, orientou o trabalho de início de alfabetização e desenvolveu sequências didáticas a partir de gêneros textuais.

“Até bem pouco tempo, a educação infantil era tida como uma modalidade de ensino de menor importância. Hoje, porém, sabemos que a estimulação precoce das crianças contribui para o desenvolvimento das capacidades motoras, afetivas e de relacionamento social,” afirmou Marli.

A União dos Dirigentes Municipais de Educação tem compromisso com a qualidade do ensino que é oferecido aos alunos paranaenses, por isso busca criar oportunidades como essa para a formação continuada dos profissionais.

Comments are closed.